Querido Papai Noel

Papai Noel, como você mantém sua barba tão sedosa? Sempre vejo nos comerciais, parece perolada e graciosamente encaracolada. Já sei o que quero: me traga um desses seus xampus de barba!

Puxa, acho que não vai conseguir entregar meu presente: está gordo demais para passar pela chaminé! E eu nem tenho chaminé, pois não tenho lareira e está um calor de matar. Também não tem neve, não tem pinheiro e não tem urso polar.

Vi que trouxe mais Coca-Cola para a cidade no seu caminhãozinho, mas prefiro evitar. Você deveria também, sua saúde está ficando comprometida com tanta Coca-Cola e essa pança de tanto comer pernil. Muita gordura visceral, sobrecarrega os joelhos.

Aliás, bem lembrado: me traga mais joelhos. Os dois que tenho não me sustentam mais, ainda mais depois dessa ceia de natal com Chester. Sabia que Chester é apenas um frango bombado da Perdigão, criado com hormônios que te deixam tetudo?

Quero um daqueles Playstation 4, com certeza. A Sony disse que custa 4 mil para valorizar, mas tá 2 e uns quebrados em qualquer canto, acho que cabe no décimo-terceiro!

Não sabia? Por aqui a gente tem um salário a mais no final do ano para gastar tudo com presentes e ainda se endividar mais. É bom para fazer a economia ‘girar’, dizem. Só esquecem de avisar que ela gira com juros compostos de 15% ao mês.

Ah, Papai Noel, estou tomando seu tempo, você deve estar muito ocupado! Quantos Playmobils, Pogobols e Comandos em Ação você ainda precisa entregar? Nenhum? Estou ficando mesmo velho…

Esqueça, não quero mais presentes! Ao invés disso, vou te pedir um favor: pare de ser garoto propaganda de toda porcaria que se vende por aí. Pare de nos dizer para gastar o dinheiro que não temos com cacarecos montados por escravos na China. E pare de nos fazer comer e beber coisas que dão câncer. Ponha a mão na consciência!

Depois de tantos anos monopolizando esse business, faça como Bill Gates: se aposente e vá fazer caridade.

Feliz Natal! Ho ho ho!

 

diegoquinteiro

Meu nome é Diego Moreno Quinteiro, tenho 29 e moro em São Paulo, cidade que amodeio. Gosto de escrever, de colocar vírgulas e de não ligar pra ortografia – então fiz um blog.

 

Warning: require_once(/home/wp_24se69/diegoquinteiro.com/wp-content/themes/casper-master/footer.php): failed to open stream: Permission denied in /home/wp_24se69/diegoquinteiro.com/wp-includes/template.php on line 688

Fatal error: require_once(): Failed opening required '/home/wp_24se69/diegoquinteiro.com/wp-content/themes/casper-master/footer.php' (include_path='.:/usr/local/lib/php:/usr/local/php5/lib/pear') in /home/wp_24se69/diegoquinteiro.com/wp-includes/template.php on line 688