Como vai?!

Vou muito bem, obrigado. Tão bem quanto pode estar alguém que vive em uma bolha de privilégios dentro do inferno.

Como não explicar o terrorismo

Muita gente se propôs explicar os eventos, tarefa difícil e muito frequentemente feita sem nenhuma responsabilidade. Irei no sentido contrário, vou me limitar a eliminar explicações.